O starter mais fácil do mundo

Boa tarde pessoal!

Acompanho em vários grupos a dificuldade da galera em criar seu próprio levain, seu fermento natural. Realmente, não é das tarefas mais fáceis, já que depende de vários fatores climáticos, de controle de variáveis, enfim, uma sincronia, um alinhamento de fatores que se assemelha a uma tempestade perfeita.

Há tempos atrás, em meus estudos e leitura, achei uma receita para fazer um levain com alguns atalhos. Até compartilhei o teste do pão que fiz usando esse fermento num post anterior, você leu!? O fermento fica pronto para uso em 2 dias, um pontapé inicial gigante para quem já pensa em desistir mediante a tantos fracassos na tentativa de criar o seu fermento durante o isolamento social.

Vamos lá, vou ajudar vocês!

Abaixo vou descrever as quantidades e ingredientes a serem usados para criar o seu levain sem dificuldades. Papel e caneta na mão!? Bora…

Você vai precisar:

Farinha branca, farinha integral, água, yogurt integral, um recipiente limpo e uma balança.

Isso mesmo… o pulo do gato está no yogurt integral, e um detalhe importante, não pode ser qualquer marca. Tem que ser uma que garanta no rótulo que na composição há uma “cultura viva de bactérias”. Entendeu!? Leia o rótulo e certifique-se que há bactérias vivas no yogurt. Já tomou Yakult, que tem lactobacilos vivos?! É a mesma coisa. O único yogurt que encontrei nesse período de isolamento social que oferecia isso é o da marca Keiff, o Kefir integral sem açúcar.

Mas Cadu, esse yogurt é muito caro, não posso usar outra marca, tipo um integral da batavo? Não, não pode, vai por mim, eu já cometi esse erro e só desperdicei tempo, farinha, yogurte e dinheiro. rsrs

Vamos ao método?

Dica – Comece isso numa hora produtiva do dia, pois vai ser bacana no final do processo.

Primeiro dia – 150 gr de farinha branca, 60 gr de farinha integral, 60 gr de yogurt, 150 ml de água entre 37 e 43º C. Misture tudo e aguarde 24 hs.

Segundo dia – 140 gr de farinha branca, 60 gr de farinha integral, 80 ml de água entre 37 e 43º C, toda a mistura do dia anterior. Misture e aguarde mais 18 hs.

Pronto. Seu fermento estará ativo e pronto para fazer pão após algumas horas dessa segunda mistura, fique de olho nele.

A receita de um pão com esse fermento eu compartilho em breve aqui no blog. Fiquem ligados. Se inscrevam para receber as atualizações.

Se fizer o fermento e usar pra fazer um pão, me mande suas impressões. Particularmente, eu prefiro o sabor do pão feito com o levain criado com o procedimento mais tradicional e demorado. A complexidade de sabor, a meu ver, é mais agradável.

Abraço galera e boa sorte… Lembrem-se, errar faz parte do processo. Persistam!

2 comentários em “O starter mais fácil do mundo

    1. Oi Julia!!!
      A receita que li fala no uso de yogurt. Não sei dizer o que brotaria usando Kefir puro, mas acho que vale um teste. Tenta aí e compartilha por aqui.

      Obrigado pelo comentário.

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: